Foto: Alamy
Foto: Alamy

Quando você está procurando por paz, Panamá é um oásis encantador, o fácil acesso a passeios pela ilha e refúgios de montanhas faz parte da vida no lugar. Um tempinho atrás era conhecida como o centro econômico da América Central, mas com o aparecimento de novos designers, artistas e chefes, a economia começou aumentar, abrindo portas para os jovens empreendedores. Com ilhas maravilhosas como qualquer contrapartida das Caraíbas e regiões em grande partes desconhecidas por viajantes, o segredo está fora. A partir do distrito crescente, artes de Casco Viejo às margens idílicas do San Blas Islands, confira 5 motivos pra você se apaixonar e pegar o primeiro voo para o Panamá.

1º motivo

Foto: American Trade Hotel
Foto: American Trade Hotel

Ao som de músicas caribenhas e a fachada decorada com lascados e pintura espanhola e francesa nos edifícios colônias, o histórico Casco Viejo da cidade UNESCO, distrito, é o vibrante hub de Cidade do Panamá, boêmio. Em nenhum lugar isso é mais evidente do que no hotel “American Trade Hotel“: Ambientes para se aventurar e explorar ambientes ao ar livre nos espaços comuns, onde se encontra um Mosaic, pavimento em mosaico torna cada passo uma oportunidade para belas fotos no Instagram.

Aproveite para tomar um café no Café Unido, ou um ceviche fresco na sala de jantar, onde a chef Clara Icaza serve os melhores pratos locais e sazonais da cidade.

A noite você não pode perder o Danilo Jazz Club do hotel, onde cantores de Jazz panamenhos enche o salão com melodias até altas horas.

2º motivo

Foto: Caliope Restaurant
Foto: Caliope Restaurant

O Casco Viejo é o segundo lugar mais visitado no Panamá, conhecido por sua gastronomia maravilhosa, lá você encontra cocktails artesanais de restaurantes construídos em salas com pouca iluminação, e está localizados os melhores chefe e mentes criativas. Comece o seu passeio em Caliope, um restaurante situado acima do enclave da vida noturna no Teatro Amador, para desfrutar de uma festa fazenda, à mesa com um menu está recheado de ingredientes e cultura locais. Depois do jantar, você optar por uma noite estridente de dança na Casa Jaguar. Se você ainda tiver energia, deixe Casco Viejo para uma bebida no Hooch Panamá recém-inaugurado no bairro de San Francisco. Construído num estilo speakeasy.

3º motivo

Foto: Alamy
Foto: Alamy

Tire um dia para ir na Ilha Taboga uma pequena ilha oásis tropical, localizada na Baía do Panamá, acessível por barco da cidade à aproximadamente 50 minutos.  conhecida localmente como a Ilhas das Flores. Você não encontra nenhum carro, o trecho de areia branca na costa, é um paraíso remoto onde existe trilhas e caminhos ladeados de flores que compõem a infra-estrutura  local.

4º motivo

04-reasons-to-visit-panama

Você pode aprender a arte de fazer café em um refúgio de montanha. Cidade de Boquete é um refúgio que fica entre montanhas e o vulcão inativo “Barú”. O vilarejo localizado nas chamadas “Tierras Altas de Panamá”, fica na província de Chiriquí, muito próximo à fronteira com a Costa Rica. 

A região é famosa por suas plantações de café em altitude, tipo “café gourmet” mundialmente conhecidos e exportados para vários países. Além do vulcão, Boquete tem uma ampla gama de esportes, agro-turismo e ecoturismo para vários gostos:

  • Rafting pelo Rio Chiriquí;
  • Arvorismo;
  • Caminhadas (trekking) diversas, sendo a mais importante a dos “Los Quetzales” (Quetzal uma das aves símbolo do Panamá).
  • Plantações de Café: onde você pode visitar uma fazenda de “café de altura”, conhecer a plantação e como é processado o café;
  • Escaladas e Cachoeiras;
  • Feira das Flores: Boquete também é um produtor de flores e todo ano há

Onde Se Hospedar

5º motivo

No total são mais de 360 ilhas no arquipélago de San Blas, no Panamá
No total são mais de 360 ilhas no arquipélago de San Blas, no Panamá

Localizado na costa norte do Caribe do Panamá, as 365 ilhas que compõem o San Blas Islands parecem quem vêm de fábrica com praias de areia branca, coqueiros, palmeiras, duas cabanas e pescadores. Explore a região com uma excursão a partir de Caravan – visita com os povos indígenas Guna, aprenda a complexidade de têxteis Mola – bordar a mão e passar os seus dias mergulhando e na vela das águas do oceano primitivo. E se um arquipélago não é suficiente, pegue um vôo de 45 minutos da Cidade do Panamá para Bocas del Toro para explorar uma extensão de nove ilhas, cheias de florestas tropicais densas e centenas de ilhotas desabitadas.