Uma cerimônia de casamento envolve muito amor e muitas tradições, cada pequena coisa tem seu significado e sua importância, desde as alianças, passando pelo vestido da noiva, o lenço do noivo, uma coisa azul, uma emprestada, algo antigo, o véu, e com o buquê não seria diferente. O arranjo de flores carregado pela noiva durante seu caminho ao altar, originalmente, tinha a função de aromatizar o ambiente, e também simbolizava a pureza, na Grécia era tido para tirar o mau olhado e como símbolo de fertilidade.
Hoje, um simples buquê consegue expressar a personalidade da noiva que o carrega, e ganhou uma infinidade de possibilidades. Um detalhe, que parece simples, acaba envolvendo várias questões e, pensando em todos esses questionamentos, o Mulher Magnífica decidiu te ajudar.

A tendência para 2017 deixa uma coisa bem clara:

APOSTE EM CORES E FLORES DIFERENTES!

A palavra chave para definir como será seu buquê é: harmonia. Ele deve ser escolhido para complementar o vestido, algumas dicas que podem ajudar a definir esta combinação:
• Buquês que simulam uma meia esfera são perfeitos para vestidos com saia volumosa;
• Os redondos e fartos combinam com todos os estilos de vestidos;
• Buquês tipo cascata são boas escolhas para vestidos fluidos, e também para os minimalistas;
• Os menores, por serem delicados, ficam bem com vestidos de renda;
• Flores silvestres, simples e/ou feitos com flores de temporada são a opção perfeita para complementar o look de uma noiva mais boho, os buquês assimétricos também se encaixam muito bem para esta noiva;
• Buquês feitos com broches, flores secas ou tecido são perfeitos para vestidos com uma pegada mais vintage;
• Vestidos clássicos e refinados podem ser complementados com buquês de pérolas, com aplicações de strass;
• Buquês redondos, com ramos e flores predispostas de forma desalinhada combinam com vestidos que tenham um corte reto e discreto.

TENDÊNCIAS DE VESTIDOS PARA 2017 E MUITO MAIS. 

Porém, além do vestido, existem outras coisas devem ser levadas em consideração, como o horário da cerimônia, a decoração – lembrando que o buquê NUNCA deve ser feito pelas mesmas flores utilizadas na decoração – o biotipo da noiva e também o tamanho e tipos das flores utilizadas para montagem do buquê. Diante de tudo isso, como faz para definir o melhor tamanho para o buquê?
• Buquês pequenos: são perfeitos para casamentos mais intimistas, realizados durante a parte da manhã ou à tarde, para mulheres com o biótipo equilibrado ou para as magrinhas, porém de estatura mais baixa. Para sua composição, opte por flores menores – como hortênsias, gipsófilas, orquídeas e milefólios – pois elas podem ser usadas em maior quantidade, deixando o buquê com uma aparência mais volumosa.
• Buquês médios: combinam com todos os biotipos, são versáteis e combinam com quase todos os tipos de cortes e modelos de vestido, muito utilizados em cerimônias diurnas. Neste caso, é legal utilizar flores maiores – como rosas, lírios, astromélias e margaridas, por exemplo – que podem aparecer sozinhas ou misturadas com flores menores; as noivas mais ousadas podem complementar o acessório com fitas, medalhas, terços e rendas adornando a base do buquê.
• Buquês grandes: ideais para casamentos noturnos e glamorosos, para noivas mais altas ou com vestido no estilo princesa. Com este tamanho de buquê é importante se atentar para que não aconteça uma competição entre o acessório e o vestido.

Tudo é permitido na hora de criar o seu buquê, não há muitas regras sobre quais flores e cores devem ser utilizadas, pode tudo, desde que ele te represente de alguma forma. As espécies podem ser selecionadas pela beleza, mas também por aquilo que cada flor representa, a gente selecionou algumas flores, comuns na composição dos arranjos, e seus significados:
• Girassol: representa vida e força;
• Rosas: terão significados distintos de acordo com a cor, as vermelhas estão associadas ao amor e a paixão, as brancas a inocência e paz, amarelas representam alegria e as rosadas simpatia e graça;
• Copo de leite: passa a ideia de felicidade e inocência;
• Lírio: indica sorte;
• Tulipa: está relacionada com elegância e sensibilidade;
• Gérbera: pureza;
• Hortênsia: simboliza a realização dos bons propósitos, e também representa amizade e lealdade;
• Cravo: assim como as rosas, terá associações diferentes de acordo com a sua tonalidade. O branco representa o amor puro e os vermelhos admiração.
Agora é só soltar a imaginação e montar o buquê dos sonhos, confira alguns que podem ser usados como inspiração:

Este slideshow necessita de JavaScript.