Tava com cara que carimba postais
Que por descuido abriu uma carta que voltou
Levou um susto que lhe abriu a boca
Esse recado veio pra mim, não pro senhor
Recebo craque colante, dinheiro parco embrulhado
Em papel carbono e barbante
E até cabelo cortado, retrato de 3×4
Pra batizado distante
Mas, isso aqui, meu senhor,
É uma carta de amor
(TRECHO TIRADO DA MÚSICA “E.T.C.”)

Nos da Mulher Magnífica vimos divulgação no Facebook, videos, loucuras, um cigarrinho, nudes, mas calma, isso aqui moça, é uma PROVA de amor e CARINHO.

Foto Divulgação - CCBB
Foto Divulgação – CCBB

CHEGOOOUUU, pode gritar nossas magníficas, amantes de Cássia Eller, o magnífico musical da Cássia Eller, chegou hoje (01/09/16) em São Paulo, para mexer com suas estruturas emocionais. Garanta aquele seu lenço bordado, pois o elenco maravilhoso venho para deixar mais “rastro” de saudade. Quem Já assistiu, sempre da aquele jeito de assistir novamente, pois é mais viciante do que cocaína.

Viva os grandes momentos da cantora, antes do início da sua carreira e acompanha toda a sua trajetória musical dos primeiros passos como cantora a sua explosão nacional. O texto de Patrícia Andrade, fez um amplo mergulho na obra, entrevistou familiares e amigos que a ajudaram a construir um mosaico fiel sobre a história da cantora que marcou o Brasil em breves e intensos 11 anos de carreira.

Cássia eller sempre foi, pra mim, uma força da natureza: voz, atitute , presença, ousadia. não passou, e acredito que ainda hoje não passe pela vida de alguém impunemente. escrever a sua história, pessoal e musical, foi uma honra. dentre tantas formas  de contar, optei pela alegria. misto de espontaneidade e timidez; profissionalismo e rebeldia; instrospecção e molecagem, estranho seria se eu não me apaixonasse por ela …

patrícia andrade

PRE-ESTREIA-104
Foto Divulgação – CCBB

A peça tem uma linda direção de João Fonseca e Viniciús Arneiro e direção musical de Lan Lan, percussionista que trabalhou anos com a artista. O espetáculo passei por faixas autorais como “Flor do Sol”, até algumas canções que ficaram imortalizadas por ela, como “Malandragem” (Cazuza/Frejat) e “Relicário” (Nando Reis).

Eu me sinto um pouco criança, Sabe?

É uma sensação de como quando eu era pequena, não tinha essa coisa moral, entendeu? Eu não tinha noção do que era certo e o que errado. E eu levava um susto quando alguém me dizia: não pode fazer isso, é falta de educação, é feio. Me lembro dessa sensação.

Cássia Eller

Foto tirada do facebook oficial do Musical Cássia Eller
Foto tirada do facebook oficial do Musical Cássia Eller

O elenco que vai tirar muitas lágrimas e risos é um turma gigante, confira:

Tacy Campos – Cássia Eller
Glicério Rosário – Altair Eller / Oswaldo Montenegro / Violonista / Empresário / Guto / Fernando Nunes
Eline Porto – Cláudia / Eugênia / Evelyn Castro / Juliane Bodoni* – Nanci Eller / Ana
Thainá Gallo – Moema / Lan Lan
Jana figarella – Rúbia / Daora
Emerson Espíndola – Ronaldo / Marcelo Saback / Elder / Executivo / Nando Reis

Texto: Patrícia Andrade

Direção artística: João Fonseca e Viniciús Arneiro

Direção de produção: Gustavo Nunes
Direção Musical: Lan Lan
Codireção Musical: Fernando Nunes

 

Como diz Fausto Silva: 

“são só feras bicho”

O musical fica em Sampa até dia 25 de setembro, no Teatro Frei Caneca, de Qui. a Sáb. 21h / dom 19h.

Compra de ingresso, click aqui:  Cássia Eller –  O Musical

Para saber quando e onde o musical vai passar é só acessar o site www.cassiaelleromusical.com.br

Não perca tempo!