Com a chegada do verão, o interesse do consumidor por protetores e bronzeadores aumenta. Afinal, os cuidados com a pele devem ser redobrados nessa época do ano.

São tantas marcas, preços e fatores de proteção que geram dúvida ao escolher o melhor produto.

UVA x UVB: qual é a diferença?

A radiação ultravioleta B (UVB) atinge apenas a camada superficial da pele e é a responsável pela maioria dos efeitos que dão origem ao câncer na pele. A UVB é mais intensa entre 10h e 16 horas. Por isso, é bom evitar exposição solar neste período.

A radiação ultravioleta A (UVA), por outro lado, atinge camadas mais profundas da pele e está relacionada ao desenvolvimento do melanoma maligno.

FPS: como escolher o melhor para cada tipo de pele

O fator de proteção solar é determinado pelo tempo em que uma pessoa pode ficar exposto ao sol sem se queimar. Por exemplo, sem protetor solar você se queimaria em 12 minutos, mas se usar um protetor com FPS 10 (10 vezes mais proteção), o prazo se estende para 120 minutos.

Lembrando que uma proteção adequada exige um fator mínimo de FPS 30, aplicando generosamente 20 a 30 minutos antes de se expor ao sol. Atenção, é importante reaplicar a cada 2 horas!

Dê preferência a produtos com fatores:

  • Anti UVA e UVB: protege contra os raios ultravioleta A e B;
  • Hipoalergênico: feito com substâncias que não causam alergias;
  • Livre de PABA ou “PABA Free”: são substância com alto poder de causar alergias;
  • Livre de óleo ou “oil free”: indicados para pessoas com pele oleosa ou com tendência à formação de cravos e espinhas;
  • Não comedogênico: filtros que não obstruem os poros e que evitam a formação de cravos e espinhas.

Bronzeado perfeito e saudável? Anote essas dicas e boa praia!

  1. Esfolie a pele dias antes de se expor ao sol
  2. Use protetor solar fator 30 (no mínimo)
  3. Coma alimentos com betacaroteno (cenoura e beterraba)
  4. Tome sol antes das 10 horas e depois das 16 horas
  5. Use e abuse de hidratante para deixar o bronzeado uniforme