Nada melhor que espalhar nossa felicidade e traçar uma rota com nosso brilho, pois, glitter nunca é de mais, está liberado mergulhar bem fundo! Vamos todxs fazer a BEYONCÉ e ficar todxs purpurinadxs nesse carnaval.

Aquele problema de ir trabalhar com glitterzinho colado em um lugar que você não imagina estar, vai acabar, chega de surpresas e passas anos com o glitter no corpo!

Por isso, vamos te ajudar hoje encontrar aquele glitter escondido na sua alma. Pois vai ter BEYONCÉ sim!

1. Pó antes da maquiagem

Uma dica bem simples é passar pó antes do glitter. Pode ser pó compacto, base, iluminador… Até talco serve! A ideia é que o pó forneça uma barreira entre o glitter e sua pele. Quando for tirar a maquiagem, o glitter sairá junto.

Essa também é uma dica para quem quer que a purpurina fique em lugares específicos. Quando estiver fazendo a maquiagem purpurinada no olho, por exemplo, passe pó na bochecha e embaixo do olho. Mesmo que caia glitter ali, é só espanar com o pincel que ele sairá fácil.

2. Demaquilante nele!

Um segredo maravilhoso para quem sofre com glitter ou maquiagens difíceis de tirar: dê tempo ao demaquilante. A gente tende a só molhar um algodão com o produto e ir passando pelo rosto, mas esse não é o melhor jeito.

Deixe o algodão com o produto em cima da área por alguns segundos. Isso serve para “descolar” o glitter ou derreter a maquiagem. Ah, e quanto mais oleoso o produto, mais fácil as coisas vão deslizar para fora da sua cara. Aqueles demaquilantes bifásicos são ideais.

3. Xampu antiresíduos

É muito difícil tirar glitter do cabelo, sobrancelha, barba. Dias depois, ainda encontramos umas purpurinas perdidas, né?

Então compre um xampu antiresíduos e nos agradeça depois. Você provavelmente vai precisar lavar umas 2 vezes até o glitter sair e, por isso, os fios vão ficar meio ressecados. Mas é só fazer uma hidratação (caseira, mesmo) que tudo volta ao normal.

4. Unhas sem brilho com papel alumínio

Esmalte com glitter é uma graça, né? O problema é que parece que não vai sair nunca mais. O algodão, por mais acetona que tenha, gruda na unha e fica aquela melequeira. Ah, mas até pra isso nós temos solução!

Assim como acontece com o demaquilante, dar um tempo para a acetona agir é importante. Deixe ela derreter a tinta e soltar o glitter antes de sair esfregando. Para isso, molhe um pouco de algodão na acetona, ponha em cima da unha e embrulhe com um papel alumínio.

Deixa lá por uns 5 minutinhos. Acredite: isso vai te poupar muito trabalho (e algodão).

5. Quanto mais oleoso, melhor

Quanto mais tentamos arrastar um grão de purpurina, mais ele parece colar na pele, certo? Então é só burlar o sistema: passe óleo. Em qualquer farmácia você encontra óleo de amêndoas. O óleo vai minimizar a aderência, facilitando a retirada do glitter.

6. Fitas adesivas, suas lindas

Se o glitter resolver grudar pra valer na sua pele, na sua roupa, na sua casa e na sua vida, tem uma última opção:

Enrole uma fita adesiva nos dedos e vai capturando os brilhos que ficaram pra trás. Assim, você não corre o risco de espanar o glitter e ele grudar na sua mão, e aí no seu rosto, e aí grudar em você inteiro, que nem um simbionte.

Claro que você deve se preocupar em usar uma fita adesiva mais fraquinha, para não se machucar. E não tente isso no olho, as chances de acabar mal são grandes. É melhor ficar brilhante, né? Nada que não suma em 2 ou 3 anos.

Fonte: S.O.S Solteiros