Entre as técnicas mais recentes utilizadas para tratar a saúde dos cabelos, como queda, fios finos e quebradiços são as infiltrações de medicamentos no couro cabeludo.

O médico expert em restauração capilar, Dr. Thiago Bianco, explica que as infiltrações capilares garantem uma eficácia maior por serem aplicadas diretamente na região dos bulbos capilares, diferente dos remédios prescritos via oral, por exemplo.

As infiltrações são realizadas com a ajuda de uma micro agulha francesa indicada para a técnica (saiba mais). “Nestas infiltrações nós colocamos alguns componentes como Minoxidil, que é um vaso dilatador, além da Biotina e do D-pantenol, e em alguns casos a finasterida, que visam ajudar no fortalecimento, diminuir a queda e proporcionar um espessamento dos fios acometidos”, esclarece Bianco.

Dr. Thiago relata que as infiltrações buscam melhor a saúde dos fios como um todo, muito embora não existam “milagres”. O médico explica que são necessárias várias sessões, porém, a partir da terceira aplicação já é possível notar o controle da queda e uma melhora na estrutura do fio.

“Normalmente os pacientes tratados desta forma apresentam uma melhora considerável do quadro de queda no período de quatro a seis meses de utilização. Quando a paciente está sofrendo uma queda capilar muito agressiva, associamos também um tratamento domiciliar” explica Bianco.

Mesmo sendo feitas por meio de micro agulhas, o médico explica que as aplicações são feitas com anestésicos locais que geralmente não causam desconforto. “Desse modo, o processo é feito com tranquilidade e, após as aplicações, o paciente pode seguir o dia normalmente”, conclui.