O relacionamento casual nem sempre é algo visto com bons olhos por aqueles que tem para si que a relação convencional é a única forma de se relacionar com alguém. Mas quem disse que isto é uma regra a ser seguida?

A Era Digital abriu portas para diversos novos costumes e, consequentemente, outros estilos de vida surgiram com isso. E um deles é o relacionamento estilo “sugar”.

Dentro deste mundo, por exemplo, a relação entre Sugar Baby e Sugar Daddy deve ter suas estruturas bem delimitadas. As pessoas devem ser transparentes e honestas, mesmo que optem por relacionamento nestes moldes.

Em tempo de liquidez de amor e de vida, o que mais se pode encontrar disponível no mercado do amor são pessoas que querem estar em uma relação afetiva, mas sem ter as obrigações morais e habituais das relações convencionais.

Jennifer Lobo, CEO do site Meu Patrocínio, o precursor deste tipo de relacionamentos no Brasil, explica o que é esta afinidade sugar. “É um relacionamento mutuamente benéfico e transparente, em que ambos sabem dos seus desejos dentro daquela relação”.

Enquanto para alguns é algo que funciona perfeitamente, para outros é impensável entrar em uma relação assim. Mas, quem já viveu algo casual, sem dúvidas tirou dessa experiência, no mínimo, esses quatro aprendizados. E é isto que vamos dar de dicas para quem busca um amor com “menos cobranças”.

1 – Controle os seus sentimentos

Mais do que qualquer outro tipo de relação, a casual pede que ambos mantenham o borbulhar de sentimentos sob controle. Nesse tipo de aventura amorosa é mais do que recomendado que você conserve o emocional controlado, tendo em vista que a qualquer momento pode acabar e, no final de tudo, o que pode restar é o ressentimento ou um dos lados descontente. Para evitar esse tipo de frustração, mantenha as expectativas baixas. Assim, o “pior” que pode acontecer é você não se machucar por conta de algo passageiro.

2 – Saiba o que você quer

Uma das vantagens de se relacionar casualmente é o fato de se conhecer vários tipos de pessoas e comportamentos. Sendo assim, fica mais fácil você descobrir qual perfil a pessoa deve ter para se relacionar com você, bem como quais comportamentos são atrativos ou repulsivos dentro de uma relação.

3  -Tenha equilibrio

O casual ensina que na vida tudo deve ter um balanceamento. Várias vezes estar em um relacionamento convencional nos faz deixar família, amigos e trabalho em segundo plano. Viver em função daquela outra pessoa, definitivamente, não é algo saudável. O relacionamento casual te permite distribuir melhor seu tempo, tendo em vista que em momento algum alguém vai te cobrar de algo.

4 – Pequenos gestos são tudo!

Como dito antes, manter os sentimentos contidos e as expectativas mais baixas fazem com que pequenos gestos tornem-se algo significativo. Sendo transparente com o outro desde o princípio e deixando claro que vocês estão em um relacionamento casual, fará com que esses pequenos gestos não sejam entendidos de maneira errônea, como, por exemplo, algo que você viu enquanto comprava um livro para você e imaginou que ele/ela gostaria. Com certeza, o impacto será mais surpreendente!

Serviço:

Meu Patrocínio: www.meupatrocinio.com.br