O deputado estadual Lancaster (DEM) é o autor do Projeto de Lei 794/2016, que institui a autorização de criação da Central de Treinamento para cão-guia no Estado. De acordo com a propositura, a Central estará vinculada à Secretaria Estadual de Acessibilidade que vai cadastrar pessoas com deficiência visual que queiram fazer o uso do cão-guia no site da instituição.

O PL também propõe a interligação das informações disponíveis no cadastro com instituições assistenciais oficiais e entidades organizadas da sociedade civil de qualificação de acessibilidade às pessoas que possuam deficiência visual e possam querer fazer o uso do cão-guia.

“Quando pensamos em algumas profissões, sempre existem àquelas consideradas mais nobres. No mundo animal, os bichos também exercem trabalhos que ajudam muito a vida dos humanos, como o cão-guia que realiza uma função comovente na ajuda aos deficientes visuais”

explicou o deputado, acrescentando que as raças escolhidas para o treinamento foram: Labrador e Golden Retriever que possuem grande habilidade para a função de guia.

O PL ainda determina que toda pessoa com deficiência visual poderá inscrever-se na Central de Atendimento por meio de cadastro disponível na Secretaria de Acessibilidade.

“O animal é mais que um bicho de estimação, ele garante autonomia ao cego ou pessoa com visão comprometida, tudo sem abrir mão da segurança. O cão assume o papel de companheiro e amigo, além de facilitar sua socialização e aumentar o círculo de amizades”, pontou o deputado estadual Lancaster (DEM).