Frustração e inveja surgem do desejo material e de aceitação. E delas vêm a necessidade de fingir nas redes sociais uma felicidade nada autêntica. Só está livre de inveja uma alma já libertada do mundo material. Veja aqui porque é tão danoso ser tomado pelo ego e como você pode sair desta aflição provocada pelo desejo material desmedido, que impede seu progresso. Aprenda com o mestre espiritual em yoga Giridhari Das, que traz em um vídeo drops curtinho e uma palestra online gratuita seus estudos sobre a felicidade autêntica.

“A alma quer prazer, mas não aquele vem de fora para dentro.” Krishna já ensinava isso nos textos védicos. E algo explicado há mais de cinco mil e cem anos perfeitamente encaixa-se nos costumes da nossa sociedade midiática atual. É como diz outro ditado mais atual: “quem fica muito cheio de si, fica vazio”. A pessoa fica sem condições de receber sabedoria e sem interesse de enxergar, sobretudo, as suas falhas. Vêm à mente termos variados, como vaidade, orgulho, egoísmo e, até mesmo, o narcisismo para descrever este estado mental.

Tudo isso torna-se ainda mais exacerbado nos dias atuais, por meio da utilização das redes sociais. Medimos cada curtida, quantos seguidores e quantas visualizações para tudo que nos cerca. A competição é gigantesca. Todo mundo pode ver seu grau de popularidade com precisão digital, gráficos e tabelas. Isso tem levado as pessoas, de um modo geral, a uma busca desesperada por mais reconhecimento. O desejo natural por ser visto, ouvido e valorizado, que todo ser humano tem, é facilmente levado aos extremos doentios nos dias de hoje. Na tentativa de exaltar a si mesmos, acabam, por fim, diminuindo sua própria grandeza interior.

O maior de todos os obstáculos para seguir o caminho de auto-aprimoramentos e auto-realização talvez seja a falta de abertura para o aprendizado. Este é o mais danoso justamente porque com a mente fechada, nem sequer podemos considerar a necessidade de nos aperfeiçoarmos.

Há enorme sofrimento imediato em viver nesta dependência constante da favorável opinião alheia. Um estado constante de ansiedade se instala. O medo de se sentir diminuído, excluído ou esquecido mina o bem-estar. E nesse sentido, amigos e amigas, ninguém pode machucar a vocês mais do que vocês mesmos. No livro “O Caminho 3T” Giridhari Das apresenta uma outra maneira de viver a vida, longe do ego, com muito mais felicidade.